• Português

Palestrante da Airport Infra Expo 2018, Eduardo Sanovicz, presidente da ABEAR- Associação Brasileira das Empresas Aéreas, participará do Painel “Mercado aeroportuário brasileiro: 2011 a 2021 – início das concessões, crise econômica e consolidação do mercado – Projeções, perspectivas e realidade do setor”.

Confira a entrevista que o executivo concedeu à Airport Infra Expo, maior evento dedicado à infraestrutura aeroportuária do país, que será realizado em Brasília, no dia 26 de abril.

AIE: Quais as melhorias/evoluções desse mercado de 2011 até agora? Quais as expectativas no curto, médio e longo prazo?

Eduardo Sanovicz: “Do ponto de vista bem tangível, melhoria da infraestrutura aeroportuária decorrente das concessões dos cinco primeiros aeroportos.  No ambiente regulatório, avanço rumo a um alinhamento mais próximo ao mercado internacional em diversas regras, com destaque para a nova franquia de bagagem que nos alinhou ao que se pratica nos Estados Unidos, Europa e Ásia. Já o dado negativo foi a não aprovação pelo Senado da República do projeto que trazia o ICMS que incide sobre o combustível de aviação um pouco mais próximo da realidade mundial, embora ainda mais caro (de 25% para 12%), além da superação, nos últimos meses, de uma crise que durou 19 meses e implicou na diminuição da frota e do número de passageiros. A expectativa para esse ano é de recuperação do mercado, não em grandes números, mas segura e perene. Para frente seguimos trabalhando no sentido de alinhar nosso ambiente de trabalho e regulação a um padrão internacional. Os temas continuam com foco em tributação, infraestrutura e custos”.

AIE: Quais as principais mudanças no mercado aeroportuário desde a criação da ABEAR em 2012?

Eduardo Sanovicz:  “A indústria passou a agir de forma coordenada, criando uma agenda em comum que pôde ser apresentada ao executivo, legislativo, formadores de opinião e a sociedade de uma forma geral. Essa agenda deu voz e visibilidade ao tema aviação e hoje os assuntos do setor são debatidos pelo conjunto da sociedade. Aviação virou algo que as pessoas entendem e compreendem”.

AIE: De que maneira os consumidores tem se beneficiado das mudanças no setor nos últimos anos? Novas tecnologias voltadas para o transporte de passageiros e/ou carga foram implantadas?

Eduardo Sanovicz: “O grande benefício para os consumidores é que ano após ano, ao longo dos últimos dez, as passagens têm ficado mais acessíveis e nós temos viajado para mais lugares. Tivemos uma interrupção desse processo por causa da crise, mas agora estamos retomando. O valor do preço médio da passagem em 2017 foi menor que em 2016. A redução é pequena, 0.6%, mas retomamos uma linha de construção como vínhamos desde 2002, quando a liberdade tarifária foi implantada. Mais destinos, mais passageiros e mais cargas transportadas.  As novas tecnologias implantadas são aquelas de procurar gerar uma experiência de escolha, compra e viagem mais fácil para os passageiros. Tecnologias muito voltadas para o mobile, que permite ao consumidor resolver no próprio aparelho a compra de ticket, com ou sem bagagem, troca do horário de voo e reservar algum serviço especial. Isso tudo teve um investimento forte, com o intuito que o passageiro possa resolver tudo de maneira mais eficiente”

AIE: O executivo conclui abordando a importância da Airport Infra Expo para o setor, evento que tem o apoio da ABEAR, além de comentar sobre as novidades que a entidade irá lançar. 

Eduardo Sanovicz: “A Airport Infra Expo É um evento tradicional e consolidado do setor. Consegue envolver toda a cadeia produtiva e o conteúdo traz contribuições para nossa avaliação de cenários e perspectivas. Sobre a ABEAR, em breve devemos lançar a nova versão do Panorama ABEAR e nossa Agenda para 2030. Acredito que esses estudos estejam disponíveis em 60 dias, aproximadamente”, finaliza.

A Airport Infra Expo está em sua 7ª edição e reunirá, em Brasília, no dia 26 de abril, os players da indústria para discutir o Desenvolvimento Sustentável do Setor Aeroportuário Brasileiro – Panorama Atual e Futuro.

CLIQUE AQUI e faça a sua inscrição!